Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007
...

não fosse eu um gajo tão trombalazanas, e já tinha actualizado ali a barra da direita dos links.

comentava com meia dúzia de individuos entre mines a granel, a imprensa desportiva nacional. Como é possivel manter 3 diários desportivos? Sem contar com os gratuitos.. Chavão; em Inglaterra, pátria do pontapé na redonda, a secção do desporto não passa disso mesmo; de uma secção em qualquer jornal.

O que me leva a parangonas do estilo; Luisão diz que quer ganhar ao Maritimo. Pois, isto sim meus amigos é noticia. É sabido que todos os outros jogadores estão ali para fazer número, sendo o resultado secundário.

isto diz muito de um pais. conseguir encher chouriços desta maneira é pura arte. normal que segunda sondagem divulgada hoje nao malembra onde, metade dos portugueses leu UM livro o ano passado. Ou nem isso. É normal. Não há tempo. É preciso aviar a Bola, o Record e o Jogo, mais o trio de ataque e os comentários do Rui Santos na SIC Noticias. Estou curioso para saber que livro elegeu essa massa de gente..

 

numa ocasião, houve uma moça que me disse que estava muito numa de autores portugueses. isto em inglês resulta muito melhor; very into. pedi-lhe um exemplo. falou-me em Paulo Coelho. Bati-lhe com uma pedra no sobrolho.

não que desssssimpatize muito com o senhor, atenção, isto cada um com a sua, a dele é aquela de evangelizar nas bombas da BP, com mensagens subliminares tipo senhor cão preto. quem não viu o filme, que visse.

esta cena de começar as frases com letra pequena não é para fazer estilo, é em protesto aos gajos que ainda nao inventaram um teclado que adivinhe essas coisas. alem do mais, escrevo num teclado estrangeiro, que esconde a maioria das funçoes básicas do portugues.

este texto está uma cagada. é segunda feira. estou demasiado amassado para desenvolver mais do que isto. ide á vossa vida.

como o cinema. para entender o fenomeno, há que recorrer aos classicos. nao se começa a estudar fisica quântica sem primeiro aprender a tabuada. o Casablanca é a tabuada do cinema. Depois da visualização estética entre as milhoes de nuvems dos cigarros fumados por todos os actores, a serio aquela gente deve ter quinado toda de cancaro do pulmao, uno entende uma serie de variaveis e sequelas que plagidamente vao sendo coladas no peliculame actual. We will always have Paris, e i think this is a beginnig of a beautiful friendship, faz agora mais sentido que nunca.

faltam 2 dias para me ir embora de madrid. porque será que nao me apetece ir? amanha, amanha penso sobre o assunto.

 

 



zurzido por j-adn às 20:33
linker | teorizar |
|

Comentários:
De ana a 30 de Outubro de 2007 às 11:36
:) amassado à segunda?


De ana a 30 de Outubro de 2007 às 11:46
uma sugestão: em vez de pensares na despedida, pensa que tiveste Madrid :) e que tudo vai continuar a existir em ti. pensa que, passo a passo, a tua vida tem estado sempre a proporcionar-te momentos extraordinários. pensa que a magia está sempre presente ;) só se perde quando se pensa que nada nos enriqueceu.


De ana a 30 de Outubro de 2007 às 11:50
eu escrevo sempre em minúsculas, porque as maiúsculas são sinónimo de falar em voz alta ;)


sentenciar

recepcionista


torre do tombo

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

Support Amnesty International
blogs SAPO
RSS