Terça-feira, 31 de Julho de 2007
...

 

Jason Taylor



zurzido por j-adn às 23:14
linker | teorizar |
|

the proclaimers - i`m gonna be


zurzido por j-adn às 23:06
linker | teorizar |
|

Segunda-feira, 30 de Julho de 2007
area 825
Area 825 (built between 1957 and 1961) -
A huge system of tunnels, filled with water - bringing to mind somewhat apocalyptic (or Half-Life) images; this once was the ultimate secret Soviet nuclear submarine base, maintenance & repair facility. So secret it was, in fact, that the whole town around it was classified and erased from the map.

Ten kilometers east of Sevastopol on the Black Sea Coast, the town of Balaklava was closed to the rest of the USSR, and even family members needed special clearance to visit there. After collapse of the Soviet Union the base stayed operational only until 1993, when all nuclear warheads were removed - and in 1996 the last submarine left the base. Today the place is open to visitors, but the bulk of it is hidden and probably holds more secrets than Russian officials care to reveal. (Photos by Russos, with permission.)







Built 126 meters deep underground, the Project 825 also served as a nuclear shelter for 3000 people; it could hold up to nine nuclear submarines at one time; the length of the underground tunnel - half a kilometer, water 9 meters deep.



The cart shown on this photograph was used for transportation of nuclear bombs to the loading area. Next photo - the "Holy of Holies" - Nuclear Weapons Storage Room. Note the reinforced doors (weight 16 tons each):





Entering the Submarine Channel:










More pictures see here


Submarine Fuel Storage Room: (more pictures of that structure here)





(image credit: Sergei Antsupov)

Apparently Russians can build underground structures and tunnels very well (witness the superb Moscow Metro system). This experience will prove handy when another mega-project takes place: The longest tunnel from Russia to Alaska. According to a preliminary report this tremendous undersea tunnel would contain a high-speed railway, highway and pipelines - all 64 miles of it.

zurzido por j-adn às 20:44
linker | teorizar | vizualizar o comentarismo (1) |
|

segundas

o principal problema das segundas feiras, reside numa vontade quase indomável de insultar todo o ser que respira num raio de 5000 km.

 

parecendo que não, isto ainda dá uma margem jeitosa de malta a quem soltar impropérios. segunda-feira como é sabido, foi inventada pelos fariseus com o vil intuito de arreliar todo o mundo e respectivos descendestes.

 

assoma-me uma vontade aos fagotes de soltar asneiras como rojões,  enquanto cobardemente me resigno todo o dia ás normas sociais do belo respeito e convivência sã.

 

até ao dia em que tomado por um desabrido assomo de loucura agarro no telefone e mando o rei da mauritânia ir nadar num penico, familia real incluida, que vá tudo bardamerda .

mas não, sosségo.

 

afinal sua majestade nada fez para merecer esta minha animosidade, sendo concerteza pessoa de bem, a quem aproveito para enviar as maiores felicidades.


múzzika: i hate mondays

zurzido por j-adn às 20:18
linker | teorizar | vizualizar o comentarismo (2) |
|

Domingo, 29 de Julho de 2007
Eduardo Mourato - The Blue Ocean

sinto-me: ui ui ca bom
múzzika: ze cabra watch out

zurzido por j-adn às 20:26
linker | teorizar |
|

...


zurzido por j-adn às 18:09
linker | teorizar |
|

...

noite passada em bar cubano - mojitos com perrier ao som da salsa, rumba, ou qualquer outro tipo de musica que arranhava alegremente o conjunto.

gente alegre os cubanos - atendendo ao facto da miseria que inunda o seus pais, não parecem querer desperdiçar em nostalgias passos de dança, rodar de ancas. O comunismo, ou fidelismo não parecer ser para aqui chamados, festejando cuba em todo o seu esplendor.

 

fisionomias tipicas, cus grandes e falta de dentes nelas, barbichas, camisa aberta e fios de ouro neles. E muito ritmo. Sons do caribe, mar, sol e charutos.

pendejos, joder como les gusta bailar! gente que semanalmente suporta trabalhos merdosos ao abrigo da pujante economia espanholha, destila energia pelas entranhas do corpo.

 

camillo, meio americano de miami, meio cubano de havana, condutor de trucks para a american embassy en madrid, acerca.se ao grupo, mete conversa, tenta descolar uma holandesa para lhe ensinar a mexer as ancas.

 

sabemos que estamos com bifas em madrid, quando em qualquer bar pedem um copo de vinho rosé. que voltas no estomago, jesus, que puta zurrapa bebem estas valentes. a falta de jeito para bailar é compensada  pelos olhos azuis e cabelo loiro, sorriso facil e seios generosos.

 

a sensualidade de cuba é um misto de promessa de pais adiado, de pais de beleza rara parado no tempo, atmosfera de final de tarde, buena vista social clube. negras vestidas de branco, rum tomado em salas com ventiladores barulhentos, corpos colados de calor. 

as fotos nas paredes, amareladas pelo tempo prometem patria  ou muerte, orgulho nacionalilsta em utopias vendidas, amor a uma pátria distante.

 

 

 



zurzido por j-adn às 17:38
linker | teorizar |
|

...


zurzido por j-adn às 17:34
linker | teorizar |
|

Sexta-feira, 27 de Julho de 2007
viernes

sexta feira. Santa.

 

no dia em que voltar para Portugal, pátria amada (tem dias), desconfio que não conseguirei dispensar este hábito que rapidamente se me  enraizou no corpo de la siesta.

 

para quem não sabe, pois não assiste peliculas de acção/aventura, em Espanha, a partir de meios de Julho aplica-se o horário intensivo, ou seja, entramos ás 08.00 da matina e trabajamos seguido até ás 15.00. Esta jigajoga mantem-se até Setembro.

 

ora um individuo habitua.se a isto, a dormir ás prestações. 5 ou 6 horas por noite e depois mais 2 ou 3 por la tarde. Dizem os gregos, e já se sabe que os gregos são malta credivel, que esta onda da siesta previne inclusivamente doenças do foro cardiaco.

 

está portanto, a populaça descansada e saudavel que nem peros algarvios, pronta para abraçar as hostilidades do fim de semana. Com um calor de fritar ovos no passeio, tenho pela frente horas de torrida paixão com uma ventoinha de marca Benterini. que comprei por 17.80 € no Super Cor, ali como quem vai para a Hortaleza, descendo para baixo.


tags:

zurzido por j-adn às 22:25
linker | teorizar |
|

nuestro ximau

25 MILLONES?? SI SEÑOR, PORQUE TU LO VALES...YO CREO QUE ESTA GENTE PAGA TRASPASOS EN FUNCIÓN DEL TAMAÑO DEL RABO PORQUE NO ME CREO QUE ESTE TIO SEA MEJOR QUE HENRY (24 MILLONES). ACOJONANTE. Y ENCIMA SEGUIMOS COJOS POR LA BANDA, QUARESMA CAPITÁN DEL OPORTO Y APUNTO DE RENOVAR. YO ES QUE PRENDÍA FUEGO EL CALDERÓN TE LO JURO... QUE COJONES!!!

 

1 dos cerca de 425 comentários á noticia da contratação de Simão na página da Marca.


múzzika: se no mietes la pierna, ay que te jodes nino

zurzido por j-adn às 14:19
linker | teorizar |
|

mau...

“É falso que a Portela esteja esgotada”

Ribeiro da Fonseca deixou a liderança da Portugália há um mês. Conhece bem o aeroporto. E diz que não há um único estudo sobre a sua real possibilidade de crescimento.

.... epá esta agora... então mas ninguém se lembrou de arranjar um tacho ao homem para o manter calado? então, mas mas que conversa é esta? epá é que isto agora não dá jeito nenhum vir um sujeito com uma cunbersa destas minimamente coerente, numa altura em que esperamos "estudos" que autorizem o pessoal a desatar a construir aeroportos seja lá onde for.



zurzido por j-adn às 11:40
linker | teorizar |
|

Terça-feira, 24 de Julho de 2007
...


zurzido por j-adn às 23:28
linker | teorizar | vizualizar o comentarismo (1) |
|

Quinta-feira, 19 de Julho de 2007
...


zurzido por j-adn às 18:51
linker | teorizar |
|

...

apesar do capacete, tenho quase a certeza que este individuo é o José Antonio Camacho. Nao sei porqué, é cá uma destas certezas. há coisas assim.

talvez seja das ancas.

 

 



zurzido por j-adn às 18:48
linker | teorizar | vizualizar o comentarismo (3) |
|

...

 

 nao concordo com o  sujeito da frase ai do lado ; "a unica  coragem é falarmos na primeira pessoa". Al revéz, já estamos enfadados de ouvir tanto falar em primeira pessoa. Eu isto, eu aquilo, eu fui, eu aconteci, eu nao sei que, eu eu eu . ah fodasse.

 

De tanto eu, sobra menos tu, muito menos nos, nenhum eles. a nao ser que quando fale  em coragem se dedique a ; eu penso! mas mesmo assim, que porra interessa o que toda a gente pensa? guardar para ti o que é teu tambem é virtude.

 

 



zurzido por j-adn às 18:36
linker | teorizar |
|

...

 e o raio das velhas foram comprar droga. e drogaram-se todas debaixo de um pinheiro. uma das velhas lembrou-se de trazer uma garrafa de jerupiga para beber com as outras velhas, que de tao velhas e drogadas ja so cantavam caralhadas.

 

e o raio das velhas que nao me passavam a garrafa nem por nada? fiquei fodido com a contenda aviei-lhes duas mocadas. há uma velha que se levanta e me aplica um pontapé no buxo, soltando-me uma costela, pousando lá ao largo.

 

há velha que te mato. mas a velha corria como o vento e eu sem costela ja nao via nada. contente com o meu desatino, vem a velha lançada ribanceira abaixo batendo sovaco. da outra velha abatida arranco-lhe  a placa, empunhando como sabre.

 

espeto-lhe a placa na testa, ficando a velha com uma risota estampada. ri-se do que?

 a puta da velha!



zurzido por j-adn às 18:27
linker | teorizar |
|

...

e até ia ao ginásio, para ficar saudável e mais nao sei o que, mas pelo sim pelo nao fico.me aqui a fumar um cigarro enquanto esgravato nas teclas.

Ora puta pariu! Seja como for nao tenho muito mais a acrescentar, pois isso ia-me dar imenso trabalho. a cena do escrever é uma cena que dá trabalho.

regra proporcional; quanto mais um individuo se esforça em escrever com sentido, menos sabor tem as palavras.

por isso é deixa-las sair, voar, tropeçar. e mais o que os pontos quiserem

ainda estou para descobrir o dia em que me vou montar em todo este letreado.

perceber muito bem nao sei o que, e contar historias de gente e lugares. de sede e de fome, de partidas e de chegadas. ou nao, ou nao.



zurzido por j-adn às 18:19
linker | teorizar |
|

...

deprimente é ver que ainda consigo achar mais graça ás minhas próprias flatulencias, que á dita nova comedia nacional.

~

aparecem da noite para o dia, comediantes-argumentista-humorista, com uma capacidade produtiva estonteante, ele é revistas, jornais, blogs, novelas... e penso que perdi o humor nalguma esquina, pois nem um sorriso de amostra lhes empresto.

~

 e escrevem disparates, em cima de disparates. mas isso nao é humor. é a vida real escrita com as palavras açucaradas, arrumados com jeitos de circo. tropeçoes na ordem dita. ~ e isso é comedia? nao. é apenas parvo. e um gajo entende que muitas vezes apetece ser parvo todo o dia, é libertador.

~

 e um gajo desmancha-se a rir com a palavra certa enterrada na altura certa, com o acento certo, pela boca certa. E um gajo ai ri.se com vontade. Porque é natural. Entende.se o lugar comum da dificuldade em fazer comédia, é muitissimo mais fácil escrever para carpideiras.

atente-se á materia prima abundante á mao de semear.

~

no entanto continuo a achar imensa graça á flatulencia, e dai ja nao sei ate que ponto nao me deveria  preocupar pois isto nao melhorou nada desde a infancia, antes pelo contrario. é bem provavel que um destes dias alugue uma avioneta amarela.

~

claramente a escrita continua desorganizada, pois o fluxo de ideias nao flui á mesma velocidade dos dedos, atropelando o nexo do contexto. E o ordenador pergunta-me; deseja bloquear elementos emergentes? e eu epá nunca fui de bloquear ninguem, muito menos emergentes. E entao permito, e o resultado é que fico cheio de virus trocando a ordem a esta cena toda atascando a memoria de pornografia fatela.

~

vou jantar.



zurzido por j-adn às 18:02
linker | teorizar |
|

...
o que na realidade nao causa qualquer transtorno, pois se bem sabemos a politica nacional tem menos interesse que qualquer coisa do Cameron. A mulher dele incluida.

zurzido por j-adn às 17:47
linker | teorizar |
|

...

até que ponto é que continuamos orfãos de pensadores actuais, na medida em que se despreza quase toda e qualquer obra contemporanea no campo da mente e afins?

Talvez sejam hoje por hoje passados atestados de charlatanice a osho, sharma ou mesmo yalom, entre outros vendilhoes do templo, reconhecendo apenas cátedra a 3 ou 4 Goldsteins devidamente diplomados. Mesmo os diplomados, são de alguma forma submetidos a subestimação, provavelmente por basearem as suas obras exactamente em mais do mesmo.

Nietzche, Schoppenhauer, Kant, Freud.

Para mais, vivemos numa era com  uma aceitação totalmente diferente onde a globalidade da difusão de ideias é feita á velocidade de segundos, em que pensar e publicar dá dinheiro, em que a depressão e o niilismo já não vendem tanto. Será pecado ganhar dinheiro?

Continuam  essenciais á compreensão humana as obras dos supra-citados, talvez existindo já espaço para admitirmos novas ideias e inspirações. Rotular alguns destes "new thinkers?" como  gurus de auto-ajuda é contraprucedente. 

Filosofia e compreensao humana, nao podem ser ciencia estatica, pois desde Nietzche que o homem e a mente humana mudaram (.....), cresceram, evoluiram. Nao existe a mesma consciencia que exisita há 100 ou 200 anos atrás. O homem tem outras metas, outros objectivos, outra ansia de conhecimento, e acima de tudo de auto-conhecimento.

O niilismo e acima de tudo o pessimismo reinante em todos os tratados de filosofia e psicologia, tem espaço para ser revistos. Ou pelo menos acrescentados.

 



zurzido por j-adn às 17:08
linker | teorizar | vizualizar o comentarismo (2) |
|

Segunda-feira, 2 de Julho de 2007
...

A vueling voltou a atrasar-se. 2 horas desta vez.

Domingo em Barajas á 1 da manhã, acordar no dia a seguir para bulir ás 7horas depois de um fim de semana pesado ; Priceless!

 

O contrato de fidelidade para toda a vida e eternidade com a TAP já está assinado.

 

É bem provável que este blog nos próximos tempos venha a sofrer de desnutrição por falta de postas essencialmente por 2 motivos;

 

1- Quanto mais leio, menos coragem tenho de escrever.

2- Não tenho tempo.

 

 

 



zurzido por j-adn às 23:10
linker | teorizar |
|

recepcionista


torre do tombo

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

Support Amnesty International
blogs SAPO
RSS