Sexta-feira, 23 de Novembro de 2007
inverno na rua

há poucas linguas tão bonitas de cantar como a portuguesa.

apetecia-me ter dito isto ao Sérgio Godinho quando o vi na Fnac do Chiado. Isto ainda podem ser resquicios da emigração, mas na verdade desde imberbe cultivei gosto pelas lusas melodias. talvez amanhã seja domingo no mundo....

caros leitores; sim vocês os três aí,

não escrevo este português desconexo e sem regras por desconsideração por v/exas. Faço-o por gostar de fluir o texto sem correçoes. gosto de ver como fica a pincelada á primeira. tenho de perder esta mania de estar constantemente a justificar-me.

assim sendo, o eric clapton é provavelmente o sergio godinho dos americanos.

cruzo-me com o francisco louçã ao pé da brasileira. chiado, essa orgia de figuras publicas! apeteceu-me canta-lhe a carregar no erres; dá-lhes com o bloco porrrra! mas o gajo pareceu-me um individuo decente, levava ocúlos escuros e tudo, assim tipo john lennon mas quadrados.

pensando bem, os ocúlos eram um bocado fatelas, mas o homem ia com o passo apressado e não quis estar a importunar. sou um gajo educado basicamente, não curto de incomodar os outros.

as gajas no chiado são boas. quer dizer, todas todas também não, mas há uma quantidade razoável. gosto de as ver de roupa de inverno. ao contrário do sensualismo fácil do trapâncio reduzido do verão, há toda uma montagem imaginativa que tem de ser feita atravéz dos casacos, assim tipo super-home com visão raio-x, e não é só a parte sexual da cena que é fixe.

se eu soubesse que não levavam a mal agarrava-me ás golas dos casacos, assim tipo indigiente, e dizia-lhes ; ouve lá queres ir ali abaixo tomar um café e namorar um bocadinho?

faz falta namorar. desatar aos beijos e isso.

demora-se demasiado tempo com merdas que não interessam nada.  será que se vai rir de mim? o riso é cortante....  estou a suar das maos?

e eu nem a conheço... porra, as pessoas não deveriam ser tao inacessiveis.

tu agradas-me. quero te conhecer melhor. vamos?

tipo; bonitos sapatos, queres foder?

para que tanta merda?

acho que isto é o espirito natalicio.

o pessoal todo agarrado aos melos pela rua abaixo, isso é que era, á pinocada contra as montras das lojas, e zunga zunga zunga, toma lá castanhas, yaaaaahhhhhhhhh.

pronto, aparvalhei. isto até estava a correr bem...

 

 

 

 

 



zurzido por j-adn às 23:09
linker | teorizar |
|

Comentários:
De Ana a 24 de Novembro de 2007 às 16:55
tenho a certeza que somos mais de três!! e gosto mais de ti aparvalhado do que zangado com a vida :))


sentenciar

recepcionista


torre do tombo

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

Support Amnesty International
blogs SAPO
RSS